quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Gato de Schrödinger e Universos Paralelos


A Teoria do Gato de Schrödinger: Ele está vivo e morto ao mesmo tempo. Ou Teoria dos Universos Paralelos.

A hipótese foi concebida pelo físico austríaco Erwin Schrödinger.

Funciona assim: imagine um gato preso numa caixa fechada, ameaçado por partículas radioativas que poderiam ser liberadas dentro dela.

Se isso acontecesse, o gato morreria; caso contrário, ele permaneceria vivo.

Haveria então 50% de chances de o gato estar vivo e 50% de estar morto.

Seguindo o raciocínio de Schrödinger, isso significa que as duas realidades aconteceriam simultaneamente e o gato estaria vivo e morto até que a caixa fosse aberta.

A presença de um observador acabaria com dualidade porque, se houvesse o mínimo de interferência, as realidades paralelas do mundo subatômico entrariam em colapso e só veríamos uma delas.

Mas, segundo algumas teorias de universos múltiplos, a coisa não acabaria por aí.

Ao abrir a caixa, você produziria um universo paralelo em que uma pessoa idêntica a você abre a caixa e encontra o gato no estado oposto.

Outras situações semelhantes produziriam novos universos paralelos, numa coisa sem fim.

Imagine você nesse momento lendo este texto.

Há a possibilidade de você Parar a Leitura neste momento, ou não e Terminar a Leitura.

Se você prosseguiu, e já está lendo esta linha, esta sua ação criou um universo paralelo novamente com uma pessoa idêntica a você, e nele esta pessoa abandonou a leitura e já está fazendo outro coisa, como por exemplo Voltar a Trabalhar.

E mesmo que esta outra pessoa volte a trabalhar, outro universos paralelo foi criado, com uma nova pessoa idêntica a que anteriormente abandonou a leitura e esta pessoa criada, em seu universos próprio optou pela outra alternativa: Levantar e Tomar um Café.

Agora imagine a aplicação desta teoria em todas as situações em que é possível a dualidade de situações  em sua vida, e tente pensar quantos de você existem em quantos outros Universos Paralelos!

Para cada possibilidade, 2 Universos Paralelos são criados.

Num deles, o gato está vivo, e em outro, o gato está morto, ao mesmo tempo.


sexta-feira, 27 de julho de 2012

A Saga de Belo Monte - Sandro Von Matter

Este texto foi retirado, a pedido do autor, Sandro Von Matter.

Ele me enviou um cordial email solicitando a retirada, e dizendo que haverão atualizações sobre o assunto.

Obrigado ao Sandro pelo contato, e fico na expectativa de novas informações sobre "A Saga de Belo Monte".




sexta-feira, 13 de julho de 2012

Comemore


Eu já passei da idade de achar que só o estilo de música que ouço que é bom, que só ele é o que vale a pena ser ouvido e que só ele vai "Salvar o Mundo".



Você aí rapazinho ou mocinha que morre por causa de qualquer banda de rock, faz declarações de amor eterno, chora, briga e defende o seu ídolo e as suas músicas, como se isso fosse livrar todos nós terráqueos da opressão, do ridículo e masivo mercado fonográfico mundial com suas músicas de 3 minutos e 15 segundos, vendendo a idéia do consumismo descartável.... não se preoculpe.

Todo mundo é assim. Todo mundo tem dentro de si a idéia de discernir em favor dos seus interesses. De defender suas idéias, e defender aquilo que gosta e representa o que é, e o que representa o meio que vive.

Sinceramente, eu faço votos que você realmente continue assim: Defensor, Crítico e Contestador!

Um dia quem sabe, você não vai fazer como eu, parar e pensar:

"... poxa vida... determinado estilo musilcal não está com nada, mas tem gente que gosta e eu não posso fazer nada contra isso, as pessoas vão continuar gostando sendo ruim ou não..."

... ou ainda...

"... tá legal, tá legal... está vindo mais um hit de verão, e daqui 20 dias ninguém vai se lembrar como era mesmo a música ou quem cantava... mas vai passar e o que eu realmente gosto, vou continuar a gostar"

... e continuando a pensar, talvez você possa perceber que tudo que acontece a sua volta, é a simples e inevitável característica humana da diversidade, e que ela anda de mãos dadas com a o respeito.

Consiga o respeito de todos, respeitando individualmente cada um.

Se você gosta de um estilo musical específico, e a pessoa a seu lado gosta de outro completamente diferente, que bom! Sinal da diversidade humana.

Feliz Dia do Rock a Todos!

quarta-feira, 27 de junho de 2012

1 Milhão de Reais

E eu ainda me surpreendo, e fico até com nojo da ganância humana....

O último caso que me fez "gofar" foi o das tramoias e trambiques da Stillus Alimentação, que tem como sócio o Sr. Alvimar Perrela.

Deixando o motivo da investigação de lado, vamos imaginar que a empresa em questão fosse uma empressa correta, que trabalhasse nos conformes da lei, e que, por motivos e meios legais, ganhasse a licitação para fornecer normalmente as 20.000 refeições nas penitenciárias e escolas mineiras.

Vamos imaginar ainda mais, e especular que em cada refeição, a fornecedora de alimentos tivesse um lucro de R$ 0,15 (o que é absolutamente plausível e aceitável). Logo, ao final de 1 ano, o Sr.Alvimar Perrela, conseguiria levantar de forma totalmente legal e honesta, R$ 1.095.000,00.

Um lucro líquido anual de 1 milhão de reais, não é nada mal não é verdade?

Mas para alguns não.

Para algumas pessoas, não basta ganhar... tem que sugar, mamar...

É incrível, e nojento.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Apruma o Corpo e Anda....

Hoje é o 135º dia do ano.

Se formos comparar com a expressão popular, seria mais ou menos como "o copo meio cheio".

Não chegamos e tão pouco passamos do meio do ano.

"Nesta data querida" me permita lhe alertar sobre uma pequena coisa...

No final do ano passado, bem no dia 31 de dezembro, você deve ter feito um monte de planos e juramentos a si mesmo.

Plano de emagrecer... Plano de engordar...

Parar de fumar...

Entrar numa academia, ou simplesmente começar a fazer caminhadas todos os dias, ou pelo menos 3 vezes por semana... Ou 2... Ou pelo menos, eu juro pra mim mesmo, toda quinta-feira.

Começar a estudar... voltar a estudar... Ou definitivamente, estudar e parar de pagar a faculdade atoa igual bobo.

Comprar meu carro... Minha casa... Ou deixar de comprar aquele monte de roupa e sapato que quase nem uso direito. Ou nem uso!

Passar mais tempo com aquela pessoa que sempre me liga que sempre me ajuda que sempre está ali do meu lado, mas eu insisto em me afastar dela.

Enfim. Você, assim como eu, fez um monte de planos para este ano de 2012!

Meu amigo, hoje é o 135º dia do ano.

Qual plano você pelo menos começou?

Não espere que o ano termine, ou chegue outubro ou novembro... Quando isso acontecer, já era. Você pode ter perdido a oportunidade de ter realizado na sua vida, o que você se propôs a fazer e realizar.

Puxe pela memória e veja se os planos que você fez no dia 31 de dezembro estão bem encaminhados enquanto é tempo...

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Vai para Ficar... ou Volta para Continuar?

Caboclo babaquara, tem a grande oportunidade da sua vida quando vê a possibilidade de ir com sua família - esposa e quatro filhos naquilo que a gente chama de "escadinha": 4, 6, 8 e 10 anos, 3 meninos e 1 menina - para a cidade grande, e não pensa duas vezes. Sai da sua vila, e abri picada, rompendo para a civilização.


Chegando, se assenta, consegue um barraco num bairro marginal até que bem arrumadinho. Tem uma filial pequena da grande rede de supermercados, tem UPA, tem igreja, ônibus que chega perto do serviço, e até asfalto e água limpa que chega toda noite pelo encanamento.

Deu sorte!

Trabalhando, nem mais nem menos do que antes em sua vida rural, começa a se dar ao luxo de algumas coisas.

Imagina só: Sortudo que é, agora dá para guardar a cerveja na geladeira e beber junto com a consorte, no maior chamego assistindo a novela... Novela?... Sim.. Deu para comprar uma televisão também. Agora o caboclo é corintiano. Dá tanta notícia do Corinthians no noticiário que não teve escapatória.

Mas de tanto assistir novela, te tanto assistir no noticiário, caboclo começa a perceber o quanto complicado é a vida na cidade.

Como é um homem que sempre teve a sua opinião firme e formada sobre muitas coisas, apesar de nunca ter passados os olhos sobre qualquer livro, percebe que a televisão é nada mais do que o espelho das pessoas que a assistem. Tudo que passa nela representa as pessoas que fazem dela o seu ponto referencial.

Já irritado com a freqüência que seus infantos têm passado em frente à televisão, quando pára para pensar um pouco e ligar um ponto ao outro, fica ainda mais invocado imaginando as coisas e principalmente descoisas que seus rebentos iriam aprender neste processo:

Na verdade verdadeira mesmo, caboclo nem estava muito preocupado com as referências de criminalidade, drogas, mentiras e falsidades, corrupção, ganância, falta de educação... Estas coisas o velho sabia que seus filhos não iriam se envolver. Ele, com pai, se garante!

Estava preocupado mesmo é só com uma coisa:

A falta de respeito aos valores básicos.

Imaginou seus filhos deixando de usar as "palavrinhas mágicas" Por favor, e Obrigado.

Ele sabia que se perdesse isso, se perdesse o básico, iria perder seus filhos. Diante disso companheiro, caboclo novamente não pensou duas vezes:

- Vou e voltar para minha terrinha. Pelo menos lá, educação é coisa que se aprende em casa, e não se perde na rua.

Juntou as coisas e foi embora...

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

web.fester: Memória

web.fester: Memória

A muito tempo estou sendo cobrado para atualizar este blog com alguma coisa autoral. Tenho que dizer que de certa forma, este formato de c...

web.fester: Pequena Dúvida Matinal V

web.fester: Pequena Dúvida Matinal V: O que é melhor? Envelhecer, ficando velho, ou ficar velho envelhecendo?

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Memória

A muito tempo estou sendo cobrado para atualizar este blog com alguma coisa autoral.

Tenho que dizer que de certa forma, este formato de comunicação está me parecendo um tanto quanto fora de moda. Apesar de ser de grande valia quando por exemplo eu preciso buscar informações a respeito de algum programa que estou querendo baixar e usar. Quando quero saber avaliações e opiniões pontuais sobre um determinado game que foi ou está para ser lançado. Quando preciso especificamente de uma imagem de determinada coisa, fato ou situação. Quando as vezes preciso de algum tutorial para alguma quest. Enfim. Hoje em dia eu muito mais consumo informação da esfera Blogspot do que produzo.

O que é realmente uma pena.

Falar que é uma pena para vocês que por ventura se dão ao trabalho de acompanhar este diário não é uma coisa humilde de se dizer.

Mas principalmente totalmente é uma pena para mim. Perco muito deixando o meus pensamentos e opiniões só pra mim.




É claro que isso não é proposital.

Tenho muito a falar, mas incrivelmente, minha memória as vezes me trai. o.O

Por exemplo: Hoje, fiquei 50 minutos com a página de edição do blog aberta, tentando me lembrar do que eu estava pensando hoje mesmo na parte da manhã, e que naquele momento eu imaginava que seria um belo assunto a ser tratado aqui.

Tanto tentei, que não lembrei, e o assunto mudou e se tornou este que você está lendo agora.

Não que o "antigo" assunto fosse ruim ou desnecessário, fazendo valer a máxima de "se esqueceu é porque não valia a pena!" Longe disso.

E o pior é que esta situação foi recorrente muitas vezes desde setembro passado. Imagino que provavelmente tevo ter "engolido" uns 10 a 15 textos que talvez poderiam estar aqui.


quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Maconha - Tomate - Globo Rural

Quando você quer comer tomates, você planta no seu quintal, seja ele um grande quintal de uma casa, ou uma beirinha na janela de um apartamento, ou você vai no supermercado ou sacolão mais próximo e compra as verduras e legumes mais fresquinhos?

Agora, se imagine usuário social de maconha, e que o uso desta erva natural ("não pode te prejudicar") fosse regularizado.

Você chega em casa, super cansado, numa sexta-feira daquelas. Toma um banho, toma uma cervejinha, assiste o Jornal Nacional e liga para o seu amigo:

- Alô, Pedrão! Passa aqui em casa depois da novela! Tirei umas folhas do meu pezinho de maconha hoje cedo antes de ir trabalhar, pus para secar e já dá para gente fumar uns dois "sem exemplo", pode ser?

Nânanina-não.. Você vai ligar para o seu amigo, e não vai dizer isso....

Você vai falar assim:

- Alô, Pedrão! Passa aqui em casa depois da novela! Aproveita que no caminho tem uma Padaria aqui na esquina de casa, e compra um maço de maconha pra mim, porque o meu acabou. Pode ser "Free-Canabis". Compra um pra você também, porque amanhã é feriado e nada vai abrir! A gente fuma do meu... "sem exemplo", pode ser?

Pensem comigo: Porque diabos você plantaria uma coisa, que você pode comprar sem trabalho algum? Sem ter que esperar brotar? Que você vai ter que adubar, regar, jogar remédio... adubar de novo... regar... esperar 4 a 5 meses, e ainda, por para secar?

Dá para contar nos dedos de uma só mão, as pessoas que criam a galinha/frango/galo que comem no domingo.

Legalizar, regularizando, a venda uso e consumo da maconha é uma arapuca que vamos entrar e quem vai puxar a cordinha vão ser a Souza Cruz e a Philips Morris.

Já imaginaram isso?

Discriminar o uso de uma droga, é o maior querer de grandes empresas, como as citadas, para ganhar mais dinheiro.

Ou você vai virar um Agricultor???

Imagine a cena: Globo Rural....

Apresentadora: -Hoje a carta que vamos responder é a do Sr. Paulo Serqueira, de Sete Lagoas-MG. Ele diz aqui na cartinha, que os jarros, com mudinhas maconha que ele tem na sala, não estão brotando a um bom tempo! Ele mandou até fotos... dá uma olhada!!

A VÁ... ME AJUDA AI, NEH OW!